sexta-feira, 16 de junho de 2017

mensagem da peça PIRILIPAMPOS


Nós humanos somos na maioria dos casos muito distraídos, desleixados e pouco amigos de reconhecer os nossos erros, assim como prescindir das nossas comodidades... muita inutilidade que não serve para nada,  a não ser para encher os bolsos a alguém, vai-se fabricando um rol de coisas, objetos, materiais que nos causam uma espécie de dependência. Submissamente e alegremente ignoramos o problema que se tem vindo a  agravar, como sendo algo que não nos diz respeito. 
 Saber que temos um espaço a preservar, que nos permite respirar e viver é por fim entendido e a necessidade de regressar à infância e aos gestos e brincadeiras  simples, como o simples facto de nos deslumbrarmos com uma pequena luz, que brilha no escuro, de um pequeno ser que nos lembra a vida que é essencial amar e acarinhar. 
A Terra será implacável para quem não a respeita, pois ela é poderosa e não necessita do homem para sobreviver, ela defende-se,  avança por cima de quem for preciso para se manter plena de vida, mesmo que ferida e diferente. Já nós teremos a  nossa condição de vida ameaçada  ou mesmo destruída. 


Vejam, oiçam e pensem! 








quinta-feira, 15 de junho de 2017

Já foi ! PIRILIPAMPOS!


 Os nossos artistas estavam um pouco nervosos e bloquearam nalgumas falas, só percebi  o que se passou, quando no fim fui surpreendida pela homenagem que tinham preparado para mim. 
 Presentearam-me com um ramo enorme de flores, que tive alguma dificuldade em manter só numa jarra, em minha casa. E umas quadras bem conseguidas, relativas ao trabalho do clube Tecto, no ativo desde 2003. 













A peça correu bem, tirando esses pequenos incidentes. 
 Estiveram particularmente bem:  a nossa aranha, a Sofia, a borboleta sorridente, a Tatiana, a Inês cheia de ritmo e calma. O Gonçalo de sorriso maroto, podia ter falado um pouco mais alto. Os outros todos deram o que conseguiram, com algum nervosismo á mistura.  Todos estão no meu coração e não se esqueçam que não existem preferidos, mas sim, existem alguns que trabalham com um pouco mais de persistência e isso no fim tem de ser reconhecido.




A Inês fez a narração do conto "O primeiro pirilampo do Mundo" de José Eduardo Agualusa 





 

quarta-feira, 7 de junho de 2017

PIRILIPAMPOS.


 PIRILIPAMPOS A CAMINHO! ***********************************************

   CLUBE DE TEATRO
   TECTO      apresenta:


-->
     “PIRILIPAMPOS”

  
4ª feira  dia 14 de junho 2017
11 Horas
 No átrio central da escola

-->
E.B. de Marvila

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Juntos


 O Teatro é um trabalho de equipa, onde cada um tem de cumprir até ao mais pequeno pormenor e onde todos se ajudam. 
 Esqueçam o estrelato fácil.
 Nada se consegue sem perseverança, muita paciência e amor.  
 Juntos conseguimos!

                            
                                                                                       * trabalho de Almada Negreiros

domingo, 14 de maio de 2017

Vencer


 Vencer depois de muito trabalho 
 Parabéns Salvador e Luísa Sobral. Uma canção lindíssima cantada com coração e alma. 


sexta-feira, 12 de maio de 2017

Um ensaio muito bom


 Uma artista grande, o nosso Salvador Sobral no ensaio da sua música no Festival da  Canção da Eurovisão. Uma interpretação fabulosa.

terça-feira, 9 de maio de 2017

Pirilampos



Quanta alegria, quando crianças vemos os pirilampos! As histórias que ouvimos sobre aqueles pequenos bichinhos cheios de luz que, no campo,  iluminam o chão de uma noite de Verão.






terça-feira, 25 de abril de 2017

Fitas do nosso contentamento














A reflexão, a concentração e a expressão corporal.

Criar, sentir e comunicar implica ser criativo, sensível e responsável. 

terça-feira, 18 de abril de 2017

Trabalho




Estivemos em ponto de paragem, para descanso. Umas férias sabem sempre bem.
Algum trabalho já foi feito, outro está aí por fazer.
A dedicação de cada um faz a diferença num grupo que se quer unido e ativo. Vem aí o trabalho maior em que cada um vai mostrar que valeu a pena estarmos juntos.










Força aos que estão por aqui e aos que não podem aparecer 



quarta-feira, 29 de março de 2017

A noite da Iguana


"A noite da Iguana" a peça onde Nuno Lopes mostrou a sua grandeza como ator, interpretando uma personagem de enorme complexidade, onde cada olhar, cada expressão corporal nos transportam à angustia, à ansiedade  de alguém que no torpor da sua existência, nos revela a imensidão de nuances da alma humana.  Uma interpretação fantástica. 

terça-feira, 21 de março de 2017

quarta-feira, 1 de março de 2017

Ruy de Carvalho


O nosso ator de excelência e um ser humano maravilhoso.

Parabéns Ruy de Carvalho pelos seus 90 anos e pelo trabalho exemplar de uma vida dedicada ao Teatro .

domingo, 19 de fevereiro de 2017

As árvores e os livros


       


   As árvores e os livros

As árvores como os livros têm folhas
e margens lisas ou recortadas,
e capas (isto é copas) e capítulos
de flores e letra de oiro nas lombadas.

E são histórias de reis, histórias de fadas,
as mais fantásticas aventuras,
que se podem ler nas suas páginas,
no pecíolo, no limbo, nas nervuras.

As florestas são imensas bibliotecas,
e até há florestas especializadas,
com faias, bétulas e um letreiro
a dizer: “Floresta de zonas temperadas”.

É evidente que não podes plantar
no teu quarto, plátanos ou azinheiras.
Para começar a construir uma biblioteca,
basta um vaso de sardinheiras.


Poemas de Jorge Sousa Braga  em “ Herbário”







O meu caderno de folhas 

Tenho folhas lanceoladas,
lobadas, lineares,
redondas, sagitadas, 
elípticas,ovalares,
pilosas ou ciliadas,
filiformes,triangulares,
inteiriças,espatuladas,
em forma de coração.
E folhas A4 e A5, lisas ou quadriculadas.
Mas estas não são 
para aqui chamadas .
- Ou serão?



O Cogumelo 

Porque é que o cogumelo,
nunca tira o chapéu?
É porque não tem cabelo,
ou será porque tem medo,
que lhe caia em cima o céu?



segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Obras... para quê?


Por mim estou um pouco melhor, ganhei uma porta nova na sala, apesar de ter umas janelas muito indiscretas, quase todas com estores partidos pelos maravilhosos alunos que ainda persistem em continuar na escola, pois dizem eles. "só cá venho porque é obrigatório", mas que escrevo eu? 
Há quem fale destas e de outras coisas com muito mais carinho. Ora oiçam!  

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Uma boa razão para ficar

Adereços muito especiais


 Um anel mágico pode ser um adereço muito especial.
 Ele pode ser o motor de arranque para o início de uma história, para o desenrolar de uma ação, para refúgio de um tímido, para confidente alguém solitário. Muitas hipóteses podem ser colocadas e desenvolvidas. 
Aqui estão alguns exemplos de anéis mágicos.